Inquérito às Condições de Trabalho em Portugal Continental

mai 31, 2017

"O Inquérito às Condições de Trabalho em Portugal Continental é um estudo de âmbito nacional, realizado pelo CESIS – Centro de Estudos para a Intervenção Social, na sequência de protocolo estabelecido com a ACT. O objetivo geral do estudo é conhecer melhor as condições de trabalho em todo o território de Portugal continental."

Os resultados deste inquérito encontram-se disponíveis no site da ACT. Um dos inquéritos foi aplicado às entidades empregadoras e outro aos trabalhadores.

Segundo os dados recolhidos os problemas músculo-esqueléticos aparecem como os mais referidos em todas as actividades económicas excepto nas actividades imobiliárias onde são substituídos pelos problemas psicológicos/emocionais. As percentagens mais elevadas de referência a problemas músculo-esqueléticos encontram-se:

  • Construção (61,9%)
  • Agricultura, produção animal, caça, floresta e pesca (60%)
  • Transportes e armazenagem (54,2%)
  • Indústria transformadora (48,1%)
  • Actividades artísticas, de espectáculos, desportivas e recreativas (38,1%)
  • Alojamento, restauração e similares (33,8%)
  • Outras actividades de serviços (32,6%)
  • Actividades de saúde humana e apoio social (29,7%)

Relativamente ao inquérito realizado aos trabalhadores, verifica-se que os factores de risco físico mais referidos são:

  • Movimentos repetitivos (83,2%)
  • Ficar de pé muito tempo (72,1%)
  • Posições cansativas ou dolorosas (46,8%)
  • Trabalhar com computadores ou equipamentos com visor (46,1%)
  • Ficar sentado/a longos períodos de tempo (42,5%)
  • Transporte ou movimentação de cargas pesadas (29,5%)

Link para os relatórios dos inquéritos



Category: